Presidente do TRE/AL se reúne com representantes do FOCCO-AL

COMPARTILHE

Compartilhe emtwitter
Compartilhe emfacebook
Compartilhe emwhatsapp

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), Sebastião Costa Filho, e o procurador Regional eleitoral, Marcial Duarte Coelho, se reuniram, na tarde desta quinta-feira (08), com representantes do FOCCO-AL (Fórum de Combate à Corrupção de Alagoas). No encontro, a entidade demonstrou apoio às ações da Justiça Eleitoral e se propôs a divulgar em suas plataformas de comunicação os canais de denúncia de crimes eleitorais.

“Nossa presença aqui é para mostrarmos que estamos apoiando e dispostos a ajudar, no que for preciso, a Justiça Eleitoral. Somos sabedores da grande responsabilidade que é conduzir um pleito municipal e queremos contribuir para termos eleições mais limpas. Acredito que a corrupção eleitoral é a matriz de todas as corrupções”, disse o promotor de Justiça José Carlos Silva Castro, coordenador da Comissão Executiva do FOCCO-AL.

Para o presidente do TRE/AL, desembargador Sebastião Costa Filho, as ações da Justiça Eleitoral estão surtindo efeito e a população está denunciando os crimes eleitorais. “O sucesso de uma eleição municipal está nas mãos dos juízes eleitorais, que devem demonstrar em suas cidades que têm pulso para controlar a campanha nas ruas e a atuação dos candidatos. Quanto mais entidades demonstrarem apoio a estes juízes e ao TRE é melhor, pois respalda nossas ações perante a sociedade”, enfatizou.

A divulgação dos canais de denúncias de crimes eleitorais, para o procurador regional eleitoral, Marcial Duarte Coelho, é um excelente apoio para o período de campanha nas ruas. “Quanto mais alagoanos souberem o que devem fazer para denunciar os crimes eleitorais e as ferramentas que estão à disposição para isto, melhor para o Ministério Público Eleitoral, responsável pela apuração das denúncias”, afirma.

O TRE/AL disponibilizou dois canais para a população efetivarem as denúncias dos crimes eleitorais: o Denúncia Online, onde as denúncias podem ser encaminhadas através do site institucional do órgão (www.tre-al.jus.br) e o Pardal, um aplicativo para smartphones onde as denúncias podem ser encaminhadas – com vídeos e fotos – diretamente do celular para as Zonas Eleitorais.

O Ministério Público Eleitoral em Alagoas (MPF/AL) também lançou um aplicativo para celular voltado às denúncias eleitorais. O aplicativo “SAC MPF” é uma importante ferramenta para que o eleitor denuncie, em tempo real, as irregularidades que encontra. Além de denúncias, o cidadão pode solicitar e pedir informações processuais por meio do aplicativo gratuito, já disponível para smartphones com sistemas iOS e Android.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

Dia Internacional Contra a Corrupção

  O Fórum de Combate à Corrupção de Alagoas – Focco/AL convida todos os interessados para participarem das atividades comemorativas do Dia Internacional Contra a Corrupção. Na ocasião os órgãos